Apoiadas por industriais do sector, os presidentes de seis regiões costeiras francesas acusam o Governo de ter metas pouco ambiciosas e de conduzir o país para a irrelevância internacional na matéria
GBM Works
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Os presidentes de seis regiões costeiras francesas – Bretanha, Normandia, Nova Aquitânia, Ocitânia, País do Loire e Provença-Alpes-Côte d’Azur – discordam das metas traçadas pelo Governo para a energia eólica offshore, refere o Safety4Sea. Enquanto o Governo de Paris defende um aumento de capacidade energética offshore em França de 2,2 GW até 2030, as seis regiões e representantes do sector defendem metas mais ambiciosas, de 10 GW.

De acordo com a publicação, os presidentes das regiões, que são apoiados na sua posição pela France Energie Eolienne (FEE), a Associação de Energias Renováveis e o cluster marítimo francês, consideram que tomaram as medidas necessárias para apoiar o sector, incluindo investimento e auxílio para a criação de ecossistemas de negócio. E criticaram a solução governativa nesta matéria, considerando que colocará a França fora do panorama internacional da energia eólica.

Segundo afirmam, a indústria francesa do sector já investiu em tecnologias necessárias para gerar altos níveis de competitividade. A FEE diz mesmo que a solução do Governo contraria o propósito do país de contribuir para o desenvolvimento de energias renováveis assumido no quadro do Acordo de Paris sobre alterações climáticas. E antecipa um cenário catastrófico para a energia eólica offshore francesa se a proposta do Governo for avante.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill