A empresa lançou recentemente o projecto para a construção de um novo navio com tecnologia inovadora para se lançar em regiões mais remotas e de difícil acesso do Árctico, cada vez mais procurado pelos passageiros
Norwegian Ice Service
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Quark Expedition, empresa líder em aventuras polares, lançou recentemente um projecto para a construção de um novo navio. Denominado World Explorer, será o primeiro da empresa com tecnologia inovadora, capacidade operacional de longa distância e sistemas de segurança avançados para transpor novas fronteiras, nomeadamente, no Árctico, segundo o comunicado oficial.

 

“Todos os aspectos do navio foram construídos com uma coisa em mente: continuar a redefinir o que é possível na aventura polar”, explicou Andrew White, CEO do grupo DIV. “Estamos a criar um navio insuperável dentro da sua classe, não apenas em parceria com líderes do sector como Brodosplit e LMG Marin, que estão tão empenhados quanto nós em ultrapassar os limites, como também consultando os nossos próprios especialistas em ambientes polares e em expedição, que conhecem melhor do que ninguém o que os hóspedes procuram para a sua experiência polar”, conclui.

 

A empresa, ao expandir o seu portfólio de viagens no Árctico para incluir viagens a regiões mais remotas e de difícil acesso, como o Ártico russo, e ao incluir uma panóplia de passeios como balão de ar quente e passeios com os animais marinhos, atrai uma quantidade de passageiros com interesses e motivações diversas no Pólo Norte, desde fotógrafos a curiosos.

 

O World Explorer, previsto para estrear no Árctico em 2020, terá 13.500 toneladas brutas e 128 metros de comprimento. Projectado pela LMG Marin, acomoda 200 passageiros e possui quatro pontos de embarque e dois helicópteros de última geração com heliportos simultaneamente operáveis.

 

Um navio que conta com hélices duplas alimentadas por quatro motores em duas salas de máquinas separadas e também uma ponte de emergência totalmente operacional, reduzirá igualmente a sua pegada ambiental através de um sistema sofisticado de tratamento de água, tratamento de resíduos, de recuperação de calor que recicla o excesso de energia no navio, ed o uso de materiais inteiramente recicláveis ​​na sua construção. A tecnologia de posicionamento dinâmico, que possuirá, significa que poderá ancorar evitando danos a ecossistemas sensíveis do leito marinho.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill