O Qatar é o mais recente subscritor deste Tratado e passa a estar obrigado às suas disposições, obrigatórias desde 8 de Setembro
VLCC
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Qatar tornou-se recentemente o 68º Estado a subscrever a Convenção Internacional sobre Controlo e Gestão da Água de Lastro e Sedimentos  de Navios (International Convention for the Control and Management of Ships’ Ballast Water and Sediments, ou BWM Convention).

Com esta adesão, os subscritores representam agora mais de 75% da tonelagem de toda a frota mundial de marinha mercante. A BWM Convention foi adoptada em 2004 pela IMO e esta em vigor desde 8 de Setembro de 2017.

Tal como já referimos no nosso jornal, de acordo com esta legislação internacional, os navios devem tratar as suas águas de lastro para removerem, tornarem inofensivos ou evitarem a captação ou descarga de organismos aquáticos patogénicos através das águas de lastro e seus sedimentos, que são transportadas nos tanques dos navios pelos mares e oceanos de todo o mundo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill