Hyundai Heavy Industries
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O último trimestre de 2016 foi o primeiro desde há 15 anos em que as empresas de construção naval sul-coreanas registaram um volume de encomendas abaixo dos dois dígitos, de acordo com a prestadora de serviços marítimos Clarksons. De Janeiro a Março (inclusive), apenas 9 encomendas estavam feitas a estaleiros da Coreia do Sul.

Depois de não terem tido qualquer encomenda em Janeiro, os estaleiros sul-coreanos ensaiaram uma recuperação com o acordo da Hyundai Heavy Industries (HHI) para construir dois petroleiros Suezmax de 158.000 toneladas de porte bruto (dwt) destinados à Ditas Shipping, no valor situado entre os 105 e os 123 milhões de euros.

Foi, aliás, a HHI que assumiu a maior parte das encomendas, num total de seis, enquanto a mais pequena Yeunsoo Heavy Industries ficou responsável pela construção de três navios. Por outro lado, a Samsung Heavy Industries (SHI) e a Daewoo Shipbuilding and Marine Engineering (DSME) terminaram o trimestre sem encomendas.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill