Durante a Lisbon Shipping Week, um diplomata britânico comparou os destinos marítimos do Reino Unido e Portugal e considerou que ambos os países devem acolher eventos relacionados com a industria marítima
Bilfinger
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

 

Durante a grande conferência da Portugal Shipping Week (PSW), em Lisboa, Ross Mathews, da Embaixada britânica em Lisboa, considerou que o conjunto de políticas enunciadas pela ministra do Mar relativamente à economia marítima e a organização do PSW indiciam que o nosso país pode ser um centro global de logística e transporte marítimo.

 

Na sua intervenção, o responsável sublinhou o facto de Portugal e o Reino Unido serem duas nações atlânticas, cujas políticas marítimas moldaram os destinos dos dois países, um cenário que justifica que ambos devam ser anfitriões de eventos como a PSW. E acrescentou que no caso britânico, a indústria marítima emprega cerca de 500 mil pessoas, representa 95% das suas exportações e contribui com 24,5 mil milhões de euros (22 mil milhões de libras) para o Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill

Últimas Notícias

Receber Sumário Diário