Depois de uma polémica lançada pelo jornal ABC, as duas diplomacias já assumiram candidatura conjunta da viagem a património mundial da UNESCO
Chistopher Sabine
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Portugal e Espanha vão promover uma candidatura conjunta da viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães a património da Humanidade da UNESCO, conforme anunciaram os ministros dos Negócios Estrangeiros de ambos os países na última semana.

“Espero que fiquem dissipadas todas as dúvidas ou especulações sobre a descoordenação, dos desacordos, nas comemorações da circum-navegação Magalhães/Elcano”, referiu o ministro espanhol, Josep Borrell, citado pelo Diário de Notícias. Já Augusto Santos Silva, citado pela LUSA e Diário de Notícias, referiu que “Portugal e Espanha, através dos seus embaixadores na UNESCO, irão apresentar conjuntamente a candidatura”.

Esta candidatura ficou envolvida em polémica depois de um artigo recente do jornal espanhol ABC, no qual se acusava Portugal de desvalorizar o papel do navegador espanhol Juan Sebastián Elcano, que concluiu a viagem após a morte de Fernão de Magalhães e não teria sido mencionado na candidatura portuguesa. Na sequência da polémica, o Governo espanhol terá decidido solicitar ao seu Embaixador na UNESCO que formalizasse um pedido de informação sobre o assunto.

Também na última semana, foi apresentado o programa nacional das comemorações dos 500 anos da viagem, que começam este ano e se estendem até 2022, ano do quinto centenário da chegada da expedição a Cádiz, e envolvem várias áreas do Governo e a sociedade civil, através das instituições universitárias e dos municípios, por exemplo. Para o efeito, foi constituída uma Estrutura de Missão das Comemorações do V Centenário da Circum-Navegação, que é presidida por José Manuel Marques, presidente da Câmara Municipal de Sabrosa (onde se pensa que terá nascido Fernão de Magalhães) até 2017.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill