Depois da rejeição do acordo para o Brexit no Parlamento, a Associação Britânica de Portos insta o Governo de Theresa May a evitar a todo o custo uma saída desregulada
Organização Marítima Internacional
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A derrota de Theresa May na Câmara dos Comuns, onde o acordo entre o Governo britânico e a União Europeia (UE) para o Brexit foi rejeitado pela maioria dos deputados, suscitou uma reacção da Associação Britânica de Portos (BPA, no acrónimo em inglês), que teme uma saída da UE sem acordo e apelou ao Executivo para fazer tudo no sentido de a evitar.

Num comunicado emitido ontem e que é atribuído ao Chief Executive da BPA, Richard Ballantyne, é patente a preocupação do representante dos portos britânicos. Recordando que existem planos para mitigar os piores efeitos do Brexit, a BPA considera que as ameaças ao livre fluxo comercial permanecem e devem ser evitadas, acrescentando que os portos têm interesse numa economia estável e saudável. Num momento em que se aproxima a data de saída da UE, a BPA reclama garantias de que será encontrado tempo para negociar uma fórmula não desvantajosa para o Reino Unido.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill