Esta foi uma semana em cheio para o porto de Sines, com a visita de uma delegação do Canal de Suez e o início da exportação de carne de porco para a China, num negócio que pode rapidamente crescer
Porto de Sines
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Esta semana, uma delegação de técnicos da Zona Económica do Canal do Suez visitou o porto de Sines no âmbito do protocolo de cooperação celebrado entre a Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS) e a SCZone – Suez Canal Economic Zone, em Setembro de 2018, no decurso da Portugal Shipping Week.

De acordo com a APS, o encontro destinou-se a uma “troca de conhecimentos no âmbito dos sistemas de informação, com especial destaque para o funcionamento da JUP – Janela Única Portuária e a sua ligação com a Autoridade Tributária e Aduaneira, factor considerado pela delegação egípcia como determinante para o sucesso da plataforma eletrónica de despacho de navios e mercadorias”.

Ainda segundo a APS, ambas as entidades “reconhecem o interesse mútuo em estabelecer uma relação de parceria e cooperação para o desenvolvimento económico, tanto no aumento de oportunidades de negócios e volumes para o porto de Sines, como no aumento do tráfego através do Canal de Suez”.

Também esta semana, o porto de Sines foi notícia por outro motivo. Desde Quarta-feira que se tornou o porto nacional de exportação de carne de porco de Portugal para a China, num negócio que poderá atingir os 100 milhões de euros e 10 mil animais por semana, segundo noticiou a Lusa.

Segundo veio a público, a exportação de Quarta-feira, de 10 contentores com 270 toneladas de carne para a província chinesa de Hunan, envolve três matadouros portugueses.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill