As autoridades do porto de Antuérpia estão a desenvolver um novo barco sonda para fazer medições de profundidade no porto, de forma a agilizar e garantir segurança no local.
Echodrone
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

As autoridades do porto de Antuérpia e a dotOcean, empresa de tecnologia marítima, estão a desenvolver um novo barco sonda para o porto – Echodrone –, que é um protótipo para realizar medições da profundidade da água em todo o porto, de modo a garantir a passagem segura dos navios e complementando o já existente Echo, segundo comunicado oficial.

O porto, que está a investir na inovação digital, considerada pelas respectivas autoridades como uma “resposta poderosa” à rápida mudança do mundo nos dias de hoje, irá desenvolver o novo barco sonda, completamente autónomo, tornando-o mais competente e susceptível de operar no meio do tráfego marítimo, mas não só.

“Como porto mundial, ambicionamos ser líderes no desenvolvimento de conceitos inovadores”, explica Piet Opstaele, Director de Inovação da Autoridade Portuária de Antuérpia. “Desta forma, estamos a lançar bases para o “porto inteligente” do futuro, no qual as tecnologias digitais serão usadas para tornar operações terrestres e aquáticas mais flexíveis, ágeis e eficientes”, conclui.

Piet Opstaele acrescenta que “com a ajuda do Echodrone, será possível, no futuro, realizar outros tipos de medições, como ambientais ou inspecção de paredes de cais” e que “essa tecnologia é um verdadeiro avanço para nós na procura de soluções inteligentes”.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Segurança

    Setembro 28
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill