Petrel 8, Hao Fan 6, Tong San 2 e Jie Shun, são navios com bandeiras de Comores, Saint Kitts and Nevis, Cambodja e Coreia do Norte, proibidos de serem acolhidos em portos
Coreia do Norte
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Conselho de Segurança das Nações Unidas anunciou uma proibição de acolhimento portuário aos navios Petrel 8, Hao Fan 6, Tong San 2 e Jie Shun por terem violado as sanções impostas à Coreia do Norte, segundo várias fontes internacionais. Os dois primeiros navios (ambos graneleiros) ostentam pavilhão das Ilhas Comores e Saint Kitts and Nevis, respectivamente, e os dois últimos (ambos de carga geral) têm pavilhões do Cambodja e Coreia do Norte, respectivamente, refere o World Maritime News.

A proibição enquadra-se no parágrafo seis da resolução 2375 do Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU), adoptada dia 11 de Setembro de 2017 a propósito do teste nuclear de Pyongyang realizado alguns dias antes. Neste caso, de acordo com o Coordenador de um painel do Conselho de Segurança da ONU sobre as sanções à Coreia do Norte, os navios foram encontrados a transportar mercadorias proibidas.

Entre as medidas dessa resolução estão a proibição da exportação de têxteis, impedimento dos trabalhadores no estrangeiro de ganharem salários para sustentar o regime e redução em cerca de 30% do petróleo fornecido à Coreia do Norte. Esta resolução visa impedir, sobretudo, o contrabando marítimo em alto mar de produtos cuja exportação está proibida, como armas convencionais, carvão ou produtos do mar, e cujo valor está estimado em 845 mil milhões de euros, aproximadamente um terço dos 2.530 mil milhões de euros das exportações do país, segundo o The Indian Express. Segundo a ONU, a Coreia do Norte tem vindo a traficar carvão e minério de ferro para outros países, usando técnicas muito sofisticadas, por mar, incluindo a alteração de pavilhão dos navios.

Recorde-se que, em Março do ano passado, o Conselho de Segurança das Nações Unidas tinha já adoptado um conjunto de sanções que implicavam inspecções a toda a carga de e para a Coreia do Norte, bem como a entrada nos portos, se fossem suspeitos de carregar qualquer item proibido.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. 1ª Feira e Congresso Trabalhar num Navio

    Outubro 19 @ 11:00 - 19:30
  2. MOST Iberia 2017

    Outubro 21 - Outubro 24
  3. Mineração em Mar Profundo – Uma escolha sustentável para Portugal?

    Outubro 27 @ 9:00 - 18:00
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill