Embora os seus portos no Mar de Azof estejam a funcionar com normalidade apesar da instauração da Lei Marcial, a Ucrânia admite deter para inspecção os navios que se dirijam para esses portos
UNCTAD
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Na sequência da apreensão de navios militares ucranianos pela Marinha russa no Estreito de Azof, o Presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko decretou a Lei Marcial nas regiões do país que fazem fronteira com a Rússia nas zonas costeiras junto aos mares Negro e de Azof até 27 de Dezembro.

De acordo com a consultora Dias Marine Consulting, sedeada na Ucrânia, e citada pelo Safety4Sea, como consequência da imposição da Lei Marcial, os navios estrageiros que se dirijam aos portos ucranianos no Mar de Azof podem ser detidos para inspecções junto ao Estreito de Kerch.

Todavia, esta regra não se aplica aos navios que se dirigirem aos portos russos no mesmo mar. A publicação refere também que os marinheiros russos a bordo de navios com escala na Ucrânia não estarão sujeitos a discriminação e perseguição, mas as autoridades ucranianas podem investigar ou apresentar queixa contra marinheiros russos que tenham visitado previamente portos da Crimeia.

Refere-se ainda que na sequência da imposição da Lei Marcial não se verificam restrições nos serviços públicos na Ucrânia e as áreas públicas estão livremente acessíveis a marinheiros estrangeiros. No mesmo sentido, diz-se que apesar da Lei Marcial, todos os portos ucranianos, incluindo os de Mariupol e Berdyansk, no Mar de Azof, estão a operar normalmente sem restrições adicionais.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Seminário WavEC 2018

    4 Dezembro, 2018 - 5 Janeiro, 2019
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill