Da pouca importância atribuída ao Ministério do Mar na orgânica do Governo ao diminuto número de reunião da CIAM e à consequente dificuldade de impor uma verdadeira Estratégia Nacional para o Mar ao início de questões mais concretas, como as Pescas e a Aquacultura ou os possíveis futuros problemas com a mineração marinha, a segunda parte da entrevista com o Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos.


Um comentário em “Ministro Mar: 2ª Parte da Entrevista”

  1. C: Querermos ser grandes na economia azul, na ciência, na robótica e no digital, nos oceanos a nível internacional, sem nos preocuparmos em conhecer, nem nos prepararmos devidamente (*) para o nosso rico, mas difícil mar.

    (*) – Verdadeira dívida histórica e cultural ao país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill