Parte do investimento financiará dragagens de areias da barra para as praias do concelho
Porto da Figueira da Foz
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, e o ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, presidiram esta semana à assinatura de um protocolo entre a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a Administração do Porto da Figueira da Foz (APFF) e a Câmara Municipal da Figueira da Foz (CMFF) para o aproveitamento dos inertes resultantes de dragagem de uma barra submersa localizada a norte da barra do porto da Figueira da Foz e reposição dos sedimentos a sul, para recarga do troço de costa através da colocação na zona emersa das praias.

O documento foi assinado na CMFF, juntamente com uma adenda ao protocolo de colaboração técnica e financeira entre o Fundo Ambiental, a APFF e a APA, para o aproveitamento das areias provenientes das dragagens para recarga da praia e reforço do cordão dunar a sul do esporão nº 5 da Cova Gala.

Na ocasião, os ministros anunciaram um investimento de 40 milhões de euros para defesa da orla costeira e desenvolvimento do porto comercial da Figueira da Foz, adiantou o Diário as beiras, dos quais 19,4 milhões serão destinados “à transposição de três milhões de metros cúbicos de areia, da barra para as praias do sul do concelho, sobretudo a da Cova”. De acordo com o mesmo jornal, esta intervenção começa em 2020 e será paga pela “administração portuária, empresas que utilizam a infra-estrutura e Comunidade Portuária da Figueira da Foz (CPFF)”. Esta dragagem visa aumentar o calado, para permitir operações no porto com navios de maior capacidade de carga. Foi ainda referido que todas as obras serão comparticipadas por fundos europeus.

Também na ocasião, o vice-presidente da APA, Mesquita Machado, terá adiantado ao mesmo jornal que “o estudo de impacte ambiental para o sistema de transposição de areias, do areal urbano para a margem sul, já foi lançado” e custa 300 mil euros, estando “várias opções em análise”. Já a ministra do Mar aproveitou o momento para esclarecer que a administração portuária da Figueira da Foz, por fim de mandato, será substituída e adiantou o nome de Fátima Alves como próxima presidente daquela entidade.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill