MHI aposta no segmento energético nos Estados Unidos
MHI
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A japonesa Mitsubishi Heavy Industries, Ltd. (MHI), especializada em equipamentos, tecnologias e infra-estruturas relacionadas com o ambiente, a energia, os transportes (incluindo marítimo) e a defesa, autonomizou o negócio de Oil & Gas no âmbito da sua subsidiária Mitsubishi Heavy Industries America, Inc. (MHIA), sedeada em Houston.

“Ao reforçar as funções combinadas para vários produtos desenvolvidos pelo Grupo, como compressores e turbinas a gás, a MHI fornecerá soluções integradas para mercados a montante (gás natural liquefeito, ou GNL) e jusante”, refere a empresa.

A nova Oil & Gas Division da MHI abriu escritórios em Houston e vai dedicar-se a identificar, desenvolver e orientar oportunidades de negócio para soluções de maquinaria e engenharia, “incluindo em áreas em crescimento”, como a produção flutuante, o GNL, a modulação de fábricas, o processamento de gás, a petroquímica, entre outras.

Com esta medida, embora relativa à sua subsidiária norte-americana, a MHI acaba por autonomizar um negócio naquilo que está associado à área energética, seguindo o que parece ser uma tendência de outras grandes multinacionais com actividades diversificadas, como ocorreu com a Maersk no final de 2016.

A esta decisão também não será alheio o impulso do sector energético nos Estados Unidos nos últimos anos, designadamente, graças ao gás de xisto, que reforçou o papel do país na produção petrolífera (em 2015, um estudo da BP dava conta de que os Estados Unidos já eram o maior produtor mundial de petróleo) e alterou o panorama da produção energética global.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill