Foi lançado ontem na Casa da balança o livro para crianças «Marinheiros da Esperança» que tem a particularidade de ter sido ilustrado com os desenhos de crianças e jovens que se encontram internadas em Serviços de Pediatria do Sistema Nacional de Saúde.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O livro que retrata a história da Marinha mais antiga do mundo, tem a especial é o resultado da iniciativa de Ana Maria Príncipe, Emília Dias da Costa, Francisco Espregueira Mendes e Miguel Marques que inspirados nas comemorações dos 700 anos da criação formal da Marinha Portuguesa  decidiram dedicar uma acção do projecto de voluntariado a que pertencem, inserida em programas pedagógicos para crianças que se encontram internadas em pediatrias, à elaboração desta obra livro para crianças, descrevendo, de forma resumida, os feitos mais notáveis praticados pela Marinha Portuguesa desde a sua fundação até à actualidade.

Durante o lançamento do livro, os voluntários e coordenadores desta iniciativa, que foram também eles os responsáveis pelo seu argumento e design, realizaram uma apresentação sobre o mesmo, destacando nos seus discursos o papel das crianças que, entre os tratamentos, realizaram esta actividade pedagógica permitindo-lhes atenuar a ansiedade do internamento.

Nas palavras de Francisco Espregueira Mendes, foi revelado “que todos os direitos económicos que este livro eventualmente possa ter reverterão integralmente para os serviços de pediatria de todos os hospitais que integram o SNS Português.

O Secretário de Estado da Defesa Nacional, à imagem do nome do livro «Marinheiros da Esperança», reflectiu, por sua vez, sobre o sentimento que todos os que estiveram envolvidos neste projecto pretenderam transmitir, afirmando representar a esperança que as crianças traduzem nos desenhos muita da esperança que todos ainda depositam hoje  na Marinha Portuguesa e à concretização de uma vida melhor para todos.

Na apresentação da obra estiveram igualmente representados vários serviços de pediatria dos hospitais portugueses que, na pessoa dos respectivos pediatras de cada serviço, receberam um exemplar do livro.



Um comentário em “«Marinheiros da Esperança»”

  1. Maria de Lourdes Barbosa Lima diz:

    Nobre iniciativa. O mar trouxe vida a Portugal e continua trazendo esperança. Acompanhamos parte do projeto com alunos do Colégio São Paulo/ Brasil.
    Agora eles estão envolvidos e seguem as ações dos MARINHEIROS DA ESPERANÇA. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill