A Marinha australiana está a reunir dados para actualizar cartas náuticas, especialmente sobre as ilhas subantárcticas, de forma a aumentar a segurança dos navios na área.
Fórum Internacional do Árctico
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Com o objectivo de melhorar o conhecimento de potenciais perigos para os navios nas ilhas subantárcticas, especialmente ao redor de uma estação de pesquisa na ilha de Macquarie (classificada como Património Mundial), na Tasmânia, a Marinha australiana está a reunir dados para actualizar as cartas náuticas daquela zona usando a implementação da sua unidade de voo – Laser Soundborne Depth Sounder (LADS) -, actualmente em Invercargill, na Nova Zelândia, em operações de pesquisa na Ilha Macquarie.

 

Segundo o Maritime Executive, a unidade de voo em questão, um Dash 8-200 modificado, equipado com um sistema de laser para medir a profundidade do mar em águas costeiras, é único entre as Marinhas de todo o mundo, oferecendo maior alcance a capacidade para completar maiores distâncias.

 

“A Marinha australiana é responsável por mapear aproximadamente um oitavo da superfície do mundo, incluindo grande parte do Oceano Antártico”, explicou o oficial Cheyne Colley, pelo que usará os dados para actualizar cartas náuticas já existentes.

 

“A tecnologia foi desenvolvida na Austrália e usa um scanner a laser que é montado na unidade para recolher dados de levantamentos hidrográficos e informações detalhadas”, referiu Colley. “O sistema de pesquisa empregue pelo LADS é particularmente adequado para áreas de corais costeiros e perigosos, onde seria menos seguro os nossos navios de pesquisa operarem”, concluiu.

 

O LADS pode pesquisar mais de 40 quilómetros quadrados por hora e a uma profundidade de mais de 50 metros, em boas condições. Pelo que se propõe agora a realizar oito saídas de Invercargill, com uma duração de seis horas cada saída, sobrevoando a, aproximadamente 600 metros.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill