Por regiões, de um total de 265, a maioria está na Ásia/Pacífico, onde se situam 101
Baker Hughes
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Em Janeiro deste ano, existiam 265 plataformas offshore em todo o mundo, mais 50 do que no mês homólogo de 2017, e mais cinco do que em Dezembro de 2018, segundo um relatório da Baker Hughes, uma das maiores empresas de serviços de campos de petróleo do mundo, inserida no grupo General Electric, publicado ontem.

Por regiões, o maior número estava na Ásia/Pacífico (101, mais 10 do que em Janeiro de 2018 e mais uma do que em Dezemro passado), seguido do Médio Oriente (63, mais 22 do que em Janeiro de 2018 e mais 7 do que em Dezembro último), Europa (31, mais 4 do que em Janeiro de 2018, mas menos 4 do que em Dezembro), América Latina (26, tantas como em Janeiro do último ano e menos uma do que em Dezembro), América do Norte (24, mais cinco do que em Janeiro de 2018 e menos duas do que em Dezembro) e África (20, mais 9 do que em Janeiro do último ano e mais 5 do que em Dezembro).



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill