Maior porta-contentores do mundo te capacidade para 20.598 TEU
Madrid Maersk
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Já terá sido entregue à Maersk Line o Madrid Maersk, o maior porta-contentores construído até hoje, com capacidade para 20.598 TEU, refere o World Maritime News com base em declarações da empresa. Construído pela Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering (DSME), com capacidade para 20.150 TEU, o navio bateu o recorde até aqui detido (por pouco tempo) pelo MOL Triumph.

O Madrid Maersk tem 196 mil toneladas de peso bruto, comprimento de 399 metros e largura de 58,6 metros. Faz parte da segunda geração dos navios da classe Triple-E da Maersk e é o primeiro de 11 navios encomendados à DSME em 2015 no âmbito de um contrato de 1,6 mil milhões de euros, refere o jornal. Os restantes vão juntar-se à frota da empresa até Maio do próximo ano e navegarão sob pavilhão dinamarquês nas rotas entre a Europa e a Ásia, substituindo navios mais pequenos.

Há pouco mais de um mês, realizou-se a cerimónia de baptismo do MOL Triumph, de 400 metros de comprimento, largura de 58,8 metros e calado de 32,8 metros, construído pela Samsung Heavy Industries (SHI) e encomendado pela Mitsui O.S.K. Lines (MOL) em Fevereiro de 2015. Tal como o Madrid Maersk, navegará nas rotas entre Ásia e Europa.

O navio da MOL, agora o segundo maior porta-contentores do mundo, é o primeiro de uma encomenda de quatro feita à SHI e faz parte de um projecto da MOL para a construção de seis navios semelhantes com capacidade para 20 mil TEU. Os dois restantes foram encomendados à Imabari Shipbuilding Co. Todos serão entregues este ano e navegarão na rota entre Europa e Ásia.efue



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Greenfest

    Setembro 28 - Outubro 1
  2. Semana do Mar em Setúbal

    Outubro 3 - Outubro 8
  3. Logística e Cadeias de Abastecimento

    Outubro 11 @ 9:30 - 18:00
  4. 1ª Feira e Congresso Trabalhar num Navio

    Outubro 19 @ 11:00 - 19:30
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill