Até 2025, a Índia projecta ampliar a sua capacidade de acolher GNL importado para 70 milhões de toneladas anuais com a construção de 11 novos terminais para o efeito
GNL
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Governo indiano anunciou a intenção de construir 11 terminais para importação de gás natural liquefeito (GNL) ao longo dos próximos sete anos, no âmbito do seu plano para aumentar em 15% o contributo deste combustível para o mix energético do país até 2020, referem vários meios de comunicação.

Actualmente, a Índia dispõe de quatro terminais de importação de GNL, com capacidade para movimentar anualmente cerca de 20 milhões de toneladas deste produto, equivalente a 6,5% das suas necessidades energéticas. Se o projecto agora anunciado se concretizar, essa capacidade aumentará para cerca de 70 milhões de toneladas anuais, o que permitirá ultrapassar a China, que é o maior importador mundial de GNL.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Curso MRV

    Março 1 - Março 2
  2. V Conferência de Engenharia Naval

    Março 1 @ 14:00 - Março 2 @ 18:00
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill