Foi dado mais um passo no desenvolvimento de uma infra-estrutura situada na antiga Rota da Seda e que contribuirá para favorecer a posição comercial do Azerbeijão no contexto da Nova Rota da Seda que a China está a promover entre o Extremo Oriente e a Europa
Human Rights At Sea
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Foi inaugurado um novo terminal ro-ro (para carga rodada) no Porto de Comércio Marítimo Internacional de Baku, no distrito de Garadagh, no Azerbeijão, refere o World Maritime News. De acordo com o jornal, o Governo procura desenvolver este porto para ser a principal porta comercial marítima do país e uma plataforma multi-modal e logística na antiga Rota da Seda, que a China procura converter numa longa rota comercial moderna entre o Extremo Oriente e a Europa (projecto one belt, one road).

O novo terminal pode receber 60 mil camiões ou 1,8 milhões de toneladas de carga por ano, refere o jornal com base em dados da agência noticiosa azeri CBC. Entre outras infra-estruturas do terminal, armazéns e áreas de apoio estarão prontos até ao final do primeiro trimestre deste ano. Quanto ao porto, esta a ser desenvolvido em três fases. No final, o porto terá capacidade para movimentar 25 milhões de toneladas de carga e um milhão de TEU por ano, refere o jornal.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill