O Secretário Geral da IMO apelou, mais uma vez, à preocupação do sector com as emissões de carbono, que têm de ser reduzidas em 50% até 2050.
Organização Marítima Internacional
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Secretário Geral da Organização Marítima Internacional (IMO), Kitack Lim, reuniu todos os Estados Membros e a indústria marítima em geral para apelar uma vez mais à conversão do sector do transporte marítimo ao acordo de Paris e demais acordos no sentido de reduzir em 50% o nível de emissões de carbono até 2050.

 

Este apelo surgiu na sequência da Conferência sobre o clima – High Level Conference on Climate Change and Oceans Preservation – a decorrer em Bruxelas, na Bélgica. Pelo que, na última Terça-feira, orientando o transporte marítimo para a transferência para novas tecnologias, com foco na pesquisa e desenvolvimento, Kitack Lim referiu que “precisamos que os Estados Membros da IMO trabalhem como um, […] e tragam propostas concretas para a IMO”.

 

Dirigindo-se aos responsáveis portuários, o Secretário Geral comentou a necessidade da mudança nas infra-estruturas dos mesmos para reduzir emissões. Especialmente no porto de Bilbao, considerado a chave no que respeita ao sistema de transporte marítimo.

 

A conferência que foi aberta pelo Primeiro-Ministro da Bélgica, Charles Michel, e pelo Príncipe Alberto II do Mónaco, e incidiu no fortalecimento do Índice de Design de Eficiência Energética (EEDI) e dos Planos de Gestão de Eficiência Energia no Navio (SEEMP) para navios, bem como na recolha de informações sob o combustível.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill