Produção é quase toda exportada

A Iberagar, empresa especializada na produção de agar-agar, um colóide (sistema molecular) extraído de algas vermelhas, do género gelidium, atingiu um volume de negócios superior a dois milhões de euros e, de acordo com João Dias, General Manager, “perspectivam-se anos de evolução positiva”.

O agar-agar “é uma mistura de dois polissacarídeos – agarose e agaropectina – que possuem em conjunto propriedades particulares úteis para diversas aplicações, das quais se destacam a insolubilidade em água fria (mas absorvendo 20 vezes o seu peso em água) e a solubilidade em água quente (100 ºC), formando geleias firmes ao arrefecer”, conforme nos esclareceu João Dias.

Segundo nos informou aquele responsável, a empresa exporta quase toda a produção, para o Japão, Estados Unidos da América, Grã-Bretanha e Espanha. Instalada em Coina, no concelho do Barreiro, e com 12 trabalhadores, a empresa nasceu há 52 anos, no Ribatejo, a partir da fusão da Biomar e da AGC, tendo entretanto adquirido a Sociedade Japonesa de Unialgas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill