Os dois países planeiam cooperar principalmente no que respeita ao conhecimento
Bureau of Ocean Energy Management
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Holanda e o Gabinete de Gestão de Energia Oceânica (BOEM) dos Estados Unidos assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) para desenvolver capacidade energética eólica offshore.

A Holanda e os Estados Unidos pretendem estreitar a sua parceria, trocando especialmente conhecimento. Pelo que entre os tópicos debatidos na cerimónia da assinatura estiveram o planeamento, o leasing e a supervisão da energia.

Depois desta primeira reunião, que ocorreu com sucesso, resultou que um grupo de trabalho reunira anualmente no âmbito do acordo. A próxima reunião será em 2020, na Dinamarca.

“Estamos muito entusiasmados por iniciar esta colaboração em energia eólica offshore, um sector no qual a Holanda está a trabalhar há muito tempo”, declarou Dolph Hogewoning, o Cônsul Geral holandês em Nova Iorque. A Agência de Empresas da Holanda assumirá a liderança nas actividades de cooperação que se iniciarão oficialmente em Maio.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill