Parece cada vez mais próximo de se concretizar o objectivo de tornar a Grécia uma plataforma de abastecimento de navios a GNL no Mediterrâneo Oriental, no âmbito do «Poseidon II»
GNL
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Depois de em Maio o ministro grego responsável pelo transporte marítimo, Panagiotis Kouroumplis, ter apresentado, pela primeira vez, um esboço da legislação que enquadra a expansão da utilização do gás natural liquefeito (GNL) na Grécia, Dimitris Spyrou, consultor de Planeamento e Marketing Estratégico da Autoridade Portuária do Pireu (APP), veio agora manifestar à agência informativa chinesa Xinhua a sua satisfação com a colaboração mantida com o ministro e outros parceiros, de que resultou esta proposta de legislação, que contempla muitas das ideias da APP.

De acordo com a Xinhua, citada pelo Safety4Sea, vários responsáveis oficiais gregos admitiram que a Grécia quer tornar-se uma plataforma para distribuição e abastecimento de navios a GNL no Mediterrâneo Oriental, no âmbito do projecto «Poseidon II», de 53,3 milhões de euros, co-financiado pela União Europeia. Iniciado em 2015, o projecto deve estar concluído em 2020 e contempla um roteiro para adopção extensiva do GNL como combustível para navios na Grécia, em Itália e em Chipre, envolvendo os portos de Veneza, na Itália, Pireu, Patras, Iraklio e Igoumenitsa, na Grécia, e Limassol, no Chipre, além do terminal de GNL na ilha de Revythoussa, ao largo de Atenas.

Este projecto de uma cadeia integrada para abastecimento de GNL na região terá despertado o interesse de outros portos que ainda não estão incluídos, como o porto grego de Volos, que solicitou a sua inclusão em 2016 e espera vê-la confirmada em 2018. Por outro lado, importa recordar que o porto do Pireu é um exemplo da cooperação entre a Grécia e a China, que tirará partido da introdução do GNL para navios, e que a proximidade do terminal de Revythoussa significa que a transferência do combustível de navio para navio será possível, sem necessidade de construir instalações de armazenamento.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Seminário WavEC 2018

    4 Dezembro, 2018 - 5 Janeiro, 2019
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill