O Reino Unido vai aplicar 6,4 milhões de euros em inovação energética para navios e prestar apoio técnico ao desenvolvimento de tecnologias de poupança energética no sector.
Governo britânico
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Governo britânico, em parceria com a indústria, vai financiar em cerca de 6,4 milhões de euros ensaios relacionados com sistemas inovadores que permitam poupar energia no transporte marítimo e, através da sua guarda costeira, fornecer apoio técnico a projectos com a mesma finalidade, refere o World Maritime News. Desta forma, o Reino Unido espera contribuir para a redução de emissões poluentes no sector, que considera responsável pela emissão de mil milhões de toneladas anuais de CO2 e 2,5% dos gases com efeito de estufa à escala global.

Entre os sistemas de poupança energética estarão dispositivos propulsores de última geração, mecanismos de recuperação de calor a bordo e soluções que recorrem à energia eólica para reduzir o consumo de combustível. Já entre os beneficiários de apoio técnico conta-se um projecto que procura demonstrar a utilidade do uso de células de hidrogénio em ferries no Reino Unido e o trabalho da Caledonian MacBrayne Ferries para fornecer navios híbridos e desenvolver novos processos propulsores e combustíveis para a próxima geração de ferries.

O jornal cita o Governo britânico, segundo o qual “o Reino Unido desempenha um papel de vanguarda na implementação de objectivos de eficiência energética no transporte marítimo”. O Governo britânico tem a expectativa de que em 2025, “a maioria dos novos navios devem ser 30% mais eficientes dos que os actuais”, refere o jornal.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill