Dois milhões de euros para equipamento científico
Navio Mar Portugal
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Ministério do Mar autorizou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) a abrir concurso público internacional, no valor de dois milhões de euros, para aquisição de equipamento destinado ao navio de investigação Mar Portugal.

De acordo com o Ministério do Mar, o concurso “prevê a instalação de um conjunto de equipamentos de força composto por guinchos oceanográficos, guinchos de pesca, gruas, um pórtico à ré, a instalação de cinco espaços laboratoriais, válvulas de fundo e um conjunto de modificações estruturais como o prolongamento e reforço de conveses e a construção de duas torres à ré”.

Esta medida remete a conclusão do processo de aquisição, transformação e equipamento do Mar Portugal para Abril de 2017, sete a oito meses após o previsto. Em entrevista ao nosso jornal, em Dezembro de 2015, o presidente do IPMA, Miguel Miranda, previa que no Verão de 2016 o navio já estaria operacional. Outras fontes do mesmo Instituto que contactámos no final do primeiro trimestre deste ano manifestaram a mesma convicção.

Entretanto, já este mês, deputados do CDS-PP questionaram a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, sobre o estado do processo e o tipo de operações que estariam atribuídos ao navio. O nosso jornal apurou junto do Ministério do Mar que com a aquisição do equipamento e sua instalação, o navio ficará operacional, o que significa que a transformação/adaptação estrutural do navio às funções a que se destinam já está concluída.

Recorde-se que a aquisição do Mar Portugal visa substituir o navio Noruega, que esteve 35 anos ao serviço, no âmbito do programa nacional de Gestão de Águas Marinhas e Costeiras e no quadro de um projecto de 13 milhões euros, financiado em 85% pelo EEA Grants e em 15% pelo Estado português.

Nesse contexto, o navio foi adquirido por 7,9 milhões de euros à empresa escocesa Hays Ships. Para transformações e adaptações posteriores estavam previstos dois milhões de euros e o valor remanescente seria para compra de equipamento.

De acordo com o Ministério do Mar, “o país passará a dispor de um novo navio para investigações multidisciplinares em ambiente oceânico” e “estará capacitado para os grandes desafios decorrentes da aplicação, entre outros, do conhecimento dos Recursos haliêuticos, Programa Nacional de Recolha de Dados da Pesca (PNRD) e dos programas de monotorização da Diretiva Quadro da Estratégia Marinha”.

O navio irá ainda apoiar “acções de investigação fundamentais do sistema Cientifico e Tecnológico Nacional, bem como de outras iniciativas de investigação aplicada, tendo em vista a obtenção de conhecimento de suporte à gestão do ambiente marinho, facilitando a decisão fundamentada das entidades públicas”.



Um comentário em “Governo avança com concurso para equipar o “Mar Portugal””

  1. Emanuel diz:

    Enquanto os palermas andam a pesquisar o mar…
    Brutais arrastões espanhóis, registados em Portugal com nomes portugueses,
    limpam tudo.

    Dentro de uns anitos vão pesquisar MERDA.

    Portugueses têm uma preferência para serem idiotas, que até mete impressão.Eles e quem vota , neles.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

Não existem eventos agendados de momento.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill