Por 59,7 milhões de euros a Fincatieri adquiriu finalmente metade dos estaleiros da STX France ao Estado francês, que continuará a manter uma posição importante na infra-estrutura.
Fincatieri
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O grupo italiano Fincantieri assinou o acordo para adquirir ao Estado Francês 50% dos estaleiros STX France por 59,7 milhões de euros, segundo comunicado da Fincantieri. A assinatura é parte de um acordo anunciado em Setembro pelos Governos italiano e francês para a partilha das estruturas do STX France, um importante passo para a criação de uma aliança em ambos os sectores: construção naval e militar.

Após o fecho da transacção, a estrutura accionista será a seguinte: a Fincantieri será detentora de 50%, o Estado Francês, através da Agence des Participations de l’Etat (APE), terá 34,34%, o Naval Group (fornecedora de tecnologia de defesa que tem participação accionista do Estado francês) ficará com 10%, os empregados da STX France terão até 2,40% e as empresas locais, até 3,26%. O quadro da direcção terá quatro membros da Fincantieri, dois membros apontados pelo Estado Francês, um membro do Naval Group e um membro escolhido pelos empregados.

É de relembrar que a STX France, com mais de 150 anos de história, é líder em construção marítima. Com sede em Saint-Nazaire, na costa atlântica francesa, o Grupo possui um dos mais modernos estaleiros navais do mundo e tem grande experiência em design e engenharia de navios. Tem cerca de 2.600 funcionários e uma rede de mais de 500 sub-contratados, sendo que só em 2016, gerou receitas de aproximadamente 1,2 mil milhões de euros.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Curso MRV

    Março 1 - Março 2
  2. V Conferência de Engenharia Naval

    Março 1 @ 14:00 - Março 2 @ 18:00
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill