Com o recuo da Arklow Shipping, que a apoiava, a Seaborne Freigth, sem frota própria, ficou sem possibilidade de cumprir o contrato para prestação de transporte marítimo negociado com o Governo britânico para responder a um cenário de congestionamento de tráfego portuário no caso de um Brexit sem acordo
Porto de Kiel
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Governo britânico anunciou o fim do acordo que mantinha com a operadora de ferries Seaborne Freight, firmado em 2018 para serviços extraordinários de transporte marítimo, face à perspectiva de um Brexit sem acordo e ao previsto congestionamento de tráfego nos portos do Canal da Mancha, refere o World Maritime News.

O fim do contrato decorreu do anúncio, pela Arklow Shipping, que suportava a Seaborne Freight, de abandonar o acordo, no valor de 15 milhões e euros. O acordo foi alvo de fortes críticas, sobretudo porque a empresa, criada em 2017, não dispunha de frota própria, ficando dependente de terceiros para o cumprimento das suas obrigações.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill