O comércio e a procura e abastecimento de petróleo serão profundamente impactados pelas regras da IMO sobre combustíveis marítimos que vigorarão a partir de 2020, considera a Energy Information Administration, dos Estados Unidos
BIMCO
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

De acordo com um relatório da Energy Information Administration (EIA), a principal agência dos Estados Unidos responsável pelas informações estatísticas sobre energia, as novas regras sobre combustíveis marítimos instituídas pela Organização Marítima Internacional (IMO) e que entrarão em vigor em 2020, terão amplas repercussões nas indústrias de refinamento, abastecimento petrolífero, preço do petróleo e transporte marítimo.

A EIA espera modificações nos preços do petróleo a partir do segundo semestre deste ano e uma agudização dos preços em 2020, seguidas de uma moderação. Todavia, a agência reconhece que tais regras, a longo prazo, afectarão inevitavelmente a procura e o abastecimento de petróleo, bem como os fluxos comerciais.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill