Um grupo de estudantes da Universidade de Rhode Island instalou um equipamento denominado MARIMBA (Marine Mammal Monitoring at Block Island Using Acoustics) junto a um parque eólico para detectar baleias
MARIMBA
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Uma equipa de estudantes de engenharia oceânica da Universidade de Rhode Island, nos Estados Unidos, desenvolveu e utilizou um dispositivo acústico para detectar baleias próximo do parque eólico Block Island, em águas de Rhode Island, no Atlântico, que tem 150 turbinas de 6 MegaWatts cada, refere o Safety4Sea.

O dispositivo, denominado MARIMBA (Marine Mammal Monitoring at Block Island Using Acoustics), utilizou um hidrofone em ambiente sub-aquático que recebeu os sons produzidos pelos mamíferos marinhos, enviando-os para um servidor instalado no campus universitário, junto ao qual puderam ser ouvidos e gravados directamente.

Para esta experiência, os estudantes deslocaram-se em Novembro de 2018 até ao parque eólico, onde mediram o ruído sub-aquático e escolheram o melhor local para instalarem o dispositivo.

Depois, passaram o Inverno a preparar o dispositivo e a plataforma de comunicação. No final de Março e princípio de Abril, instalaram duas unidades do sistema pelo prazo de duas semanas. No dia 12 de Abril retiraram as duas unidades, não sem antes terem feito medições e recolhido amostras oceanográficas dos sedimentos marinhos para melhor compreenderem o ambiente operacional do dispositivo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill

Últimas Notícias

Receber Sumário Diário