Quase coincidindo com o anúncio de abandono da pesquisa de hidrocarbonetos ao largo da costa alentejana, a ENI anunciou uma parceria para o mesmo efeito no offshore argelino
ENI
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A italiana ENI, a francesa Total e a empresa pública argelina Sonatrach assinaram esta semana dois acordos que incluem uma parceria exclusiva para a exploração offshore de recursos energéticos na Argélia. Paralelamente, a ENI e a Total procurarão obter licenças que permitam a rápida implementação da pesquisa do eventual potencial da região em hidrocarbonetos, refere a ENI em comunicado.

De acordo com Claudio Descalzi, CEO da ENI, que está presenta na Argélia desde 1981 e onde é o principal operador de petróleo e gás internacional, “juntamente com a Sonatrach e a Total, teremos oportunidade de explorar as águas profundas do offshore argelino, uma zona geológica virtualmente inexplorada”.

 



Um comentário em “ENI faz parceria para exploração no offshore argelino”

  1. Fernando Sérgio Fonseca diz:

    Rendição dos interesses portugueses ao lobby ambiental conduz à deslocação da ENI para a Argélia.
    Não perceberam que o que induz efeitos no ambiente (CO2) é o consumo não a produção.
    Portugal vai assim continuar a não ser capaz de prospectar e eventualmente produzir GN e/ ou petroleo e a continuar a ser totalmente dependente do exterior em fosseis. Sendo o actual consumo de 5 mio tons de carvão, 8 mio tons de petróleo e milhões de m3 de GN, é perdida uma oportunidade de colmatar este perturbador deficit energético.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Da Cartografia na Antiguidade até à Cartografia Portuguesa

    Novembro 16 @ 15:00 - 17:30
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill