Parceiros com navios registados na Madeira criaram a Marítimos Manning Portugal, vocacionada para o mercado português
Drewry
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Várias empresas internacionais com navios registados Registo Internacional de Navios da Madeira (MAR) criaram uma agência de manning (recrutamento de tripulantes marítimos), vocacionada essencialmente para o mercado português. A agência, denominada Marítimos Manning Portugal (MMP), foi constituída âmbito do Centro Internacional de Negócios da Madeira (CINM).

Segundo a Sociedade de Desenvolvimento da Madeira (SDM), concessionária do CNIM, esta agência tem o “objectivo de estabelecer ligação entre os armadores internacionais do MAR e os marítimos e jovens formados em Portugal”. E de acordo com Carla Vieira, responsável pelo projecto em todo o país, a MMP apostará em tecnologias de ponta para unir armadores e candidatos. “Em breve teremos o software pronto, pelo que poderemos começar já a trabalhar com os jovens que se graduarem este Verão na ENIDH”, afirmou.

De acordo com aquela responsável, “os promotores deste projecto acreditam firmemente na qualidade da formação em Portugal e na qualidade e capacidade dos marítimos portugueses para se adaptarem aos novos tempos da globalização na área do shipping; acreditam que o país, no seu todo, e a Madeira, em particular, devem aproveitar o facto do MAR ser uma porta de entrada em Portugal para armadores internacionais”.

Já para a European International Shipowners Association of Portugal (EISAP), que representa armadores com navios registados no MAR, o nascimento desta agência “é bom para a Madeira, é bom para o país e é bom para os armadores”, acrescentando que defende a criação de “um ambiente favorável ao shipping, pois esta indústria possibilita o aparecimento de um número infindável de empresas prestadoras de serviços, nas mais diversas áreas”.

Além disso, a EISAP considera que “mais do que uma fonte de receitas, o shipping deve ser visto como uma enorme oportunidade de emprego, de formação, de inovação, de integração, de partilha e de relevância internacional”.

Finalmente, para a SDM, projectos deste tipo comprovam “que o MAR continua a revelar-se como um dos instrumentos mais sérios alguma vez criado em Portugal para a afirmação de uma política marítima com expressão internacional, sendo de frisar o contributo para dotar o nosso país de uma marinha mercante de expressão considerável e para o posicionamento de Portugal no seio das organizações internacionais do sector”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill