Segundo a IMO as mulheres ainda representam uma percentagem muito baixa dos marinheiros devido às desigualdades que ainda se permitem no sector e que têm de ser contrariadas.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Dia Internacional do Marítimo, celebrado todos os anos no dia 25 de Junho, comemora-se esta Terça-feira. Este ano, a IMO (Organização Marítima Internacional) chama a atenção para a importância da igualdade de género no sector marítimo. Com o hashtag #IAmOnBoard, o Secretário Geral da IMO, Kitack Lim, apresenta-se inclusivamente em vídeo.

As mulheres representam, actualmente, apenas dois por cento dos marinheiros do mundo, sendo que 94 por cento trabalham na indústria de cruzeiros. Pelo que, também a Agência de Segurança e Administração Marítima da Nigéria, na voz do Presidente Doumbia-Henry declarou: “há uma série de barreiras que impedem que as mulheres se tornem marinheiras, incluindo preconceitos de género, condições de vida e trabalho, obstáculos legais e administrativos, equilíbrio entre trabalho e vida privada, tarefas fisicamente exigentes, lacunas salariais ou mesmo falta de informações e oportunidades. Para o Dia do Marítimo, encorajo fortemente todas as partes interessadas a remover as barreiras culturais, estruturais e legais que impedem o recrutamento de mulheres marinheiras” referiu. 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill