Tecnologia revolucionária desenvolvida nos Países Baixos permite eficiências de 97% na dessalinização e uma redução de custos na ordem dos 65%.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

DyVaR Zero Liquid Discharge, é a tecnologia de processamento de água que foi licenciada em Julho de 2014 no estado do Texas, Estados Unidos da America onde se encontra agora implementada pela STW Resources Holding Corp., tendo sido previamente desenvolvida nos Países Baixos pela Salttech.

Este desenvolvimento ganha especial importância num momento em que assistimos a uma escassez de água potável no nosso planeta e simultaneamente à utilização em grandes quantidades deste mesmo precioso recurso pela indústria da fracturação hidráulica, ou «fracking», em exponencial crescimento.

A grande revolução que esta nova tecnologia traz prende-se com motivos económicos e ambientais. Até à data, os sistemas de dessalinização disponíveis, não eram economicamente viáveis para serem utilizados a uma escala industrial. A utilização desta tecnologia na indústria petrolífera custava cerca de 4€-7€ por barril. No entanto para a STW o custo situa-se nos 1,5€-2,5€ por barril. Em termos ambientais a vantagem torna-se ainda maior, pois para além de a tecnologia Salttech poder ser operada inteiramente através de energia solar e/ou eólica, tem a capacidade de recuperar cerca de 97% de água potável por cada 3,7Litros de água salgada, ao contrário dos 35%-45% permitidos pela tecnologia anteriormente disponível, reduzindo assim drasticamente o desperdício.

A empresa STW é a detentora dos direitos de exploração da tecnologia Salttech não só nos Estados Unidos, onde, no Golfo do México, ao largo da costa do Texas, implementou o seu primeiro projecto com recurso a esta nova tecnologia, mas também no Canadá, México, Caríbe e América Central.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill