Graças a uma recuperação nalguns mercados, os operadores de transporte marítimo puderam aumentar a despesa com pessoal, aumentando os salários
Marítimos
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Os custos com pessoal no transporte marítimo têm subido, ainda que moderadamente, ao longo deste ano, depois de alguns anos de estagnação, refere o World Maritime News. De acordo com o jornal, a recuperação em muitos dos mercados do transporte marítimo de mercadorias permitiu aos operadores elevarem os salários dos marítimos, especialmente entre os oficiais.

Segundo a consultora Drewry, citada pelo jornal, tais custos cresceram cerca de 1% em 2018, quando em 2017 essa subida foi de apenas 0,2%, muito induzida pela quebra geral de 0,75% nos salários dos oficiais.

A recuperação nos salários surge apesar da falta de oficiais induzir o retorno a níveis mais fáceis de gerir. Uma carência que deve continuar num futuro previsível, apesar da esperada estagnação das frotas. A consultora refere que estes custos crescerão moderadamente nos próximos cinco anos, com alguma aceleração no final desse período.

A consultora refere também que o crescimento no recrutamento de marítimos tem abrandado e deverá abrandar ainda mais ao longo dos próximos cinco anos, o que terá fortes implicações para os armadores, especialmente em termos do próprio recrutamento, retenção e salários.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill