O Governo sul-coreano anunciou um plano para adaptar os seus portos e navios ao gás natural liquefeito, visando antecipar o que serão as obrigações impostas ao transporte marítimo em termos de emissões a partir de 2020
A. Panagopulos
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O ministro dos Oceanos e Pescas da Coreia do Sul anunciou um plano para desenvolver o abastecimento de navios a gás natural liquefeito (GNL), que inclui o subsídio em 10% de projectos para converter frotas a esse tipo de combustível marítimo, refere o World Maritime News.

Segundo anunciou o ministro, o plano será coordenado pelo Instituto Coreano de Investigação de Navios & Engenharia Oceânica e o Instituto Coreano de Pesquisa de Equipamento Marinho e contará com a colaboração de 50 peritos, referiu o jornal. Terá a duração de dois anos e contará com um investimento de 2,6 milhões de euros já este ano.

De acordo com o ministro coreano, citado pelo jornal, o plano incidirá na instalação de um sistema de abastecimento a GNL para navegação de cabotagem ao longo da costa sul-coreana e os portos prioritários serão Ulsan e Busan. Os navios abrangidos serão graneleiros de 200 mil toneladas a GNL destinados à rota Coreia do Sul/Austrália.

De acordo com o jornal, o plano visa abrir caminho à Coreia do Sul rumo à liderança no sector do GNL, num momento em que só um navio abastecido com este combustível opera actualmente no país e em que o GNL está em vias de substituir os combustíveis marítimos convencionais no quadro das futuras regras sobre emissões de navios a impôr pela Organização Marítima Internacional (IMO, na sigla em inglês) a partir de 2020.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Seminário WavEC 2018

    4 Dezembro, 2018 - 5 Janeiro, 2019
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill