A proposta contempla quase 7 mil milhões de euros no âmbito do Quadro Financeiro Plurianual 2021-27, dos quais Açores e Madeira receberiam 114 milhões na qualidade de Regiões Ultra-Periféricas
FEAMP
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Foi ontem aprovada na Comissão das Pescas do Parlamento Europeu (PE), uma proposta de relatório sobre o Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (FEAMP) para o próximo Quadro Financeiro Plurianual 2021-27, que contempla quase 7 mil milhões de euros para este sector. O documento seguirá para votação em plenário do PE e depois para negociação com os Estados-Membros, no Conselho.

Redigida pelo deputado das Canárias, Gabriel Mato, do Partido Popular Europeu (PPE), a proposta defende um montante de 6.867 milhões de euros em preços correntes, 87% dos quais em regime de gestão partilhada, e a criação de um limite mínimo de investimento nas Regiões Ultra-Periféricas (RUP) a partir do montante nacional, para os sectores tradicionais e não tradicionais da economia azul, o que representaria 114 milhões de euros para Portugal, alocados obrigatoriamente para a Madeira e os Açores.

Para a eurodeputada do PPE, Cláudia Monteiro de Aguiar, “um dos pontos essenciais, que até agora não é permitido pela Política Comum das Pescas” e que está contemplado na proposta é “a renovação da frota de pequena pesca costeira e artesanal nas regiões ultra-periféricas, condicionada a que o aumento da capacidade de pesca não ultrapasse o limite designado para o Estado Membro, e apenas para navios que estejam registados e desembarquem nas RUP, e contribuam para o desenvolvimento sustentável local”.

Outro aspecto destacado pela eurodeputada é a “nova definição de pequena pesca costeira, agora mais elástica, com especial relevância para as RUP, sobretudo para as microempresas e negócios familiares, com impacto nos tecidos económico e social locais, e intrinsecamente relacionadas com a identidade cultural destas regiões”. Cláudia Monteiro de Aguiar lembra também que é proposto “um apoio importante para o melhoramento das condições de segurança, de trabalho e de vida das tripulações, formação, competências e emprego, maior apoio à aquicultura sustentável, além da possibilidade de construir novos portos ou locais de desembarque nas RUP”.

 



Um comentário em “Comissão de Pescas do PE aprovou proposta para o FEAMP”

  1. Jerónimo viana diz:

    Excelente mas deve obrigatoriamente ser também para o continentw

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill