Depois de várias especulações, a China parece ter assumido a construção do seu terceiro porta-aviões e em território nacional. Uma unidade que deverá ser tão moderna como o mais recente porta-aviões dos Estados Unidos
UNCTAD
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Governo chinês terá admitido, pela primeira vez, que está a construir no país o seu terceiro porta-aviões, revelou a estação televisiva norte-americana CNN. Será mais moderno do que os anteriores, o porta-aviões sem nome, de tipo 001A, o primeiro construído na China, e o Liaoning, que ainda usam um sistema de lançamento baseado na potência dos aviões para descolar.

De acordo com a CNN, os meios de comunicação estatais chineses têm especulado que o novo navio já usará um sistema de lançamento dos aviões assente numa catapulta electromagnética, semelhante ao do mais recente e moderno porta-aviões dos Estados Unidos.

Apesar de ser mencionado num artigo da agência noticiosa pública chinesa Xinhua, este novo navio já foi alvo de especulações anteriores ao longo do último ano, designadamente quando em Junho uma das principais empresas chinesas de construção naval divulgou uma fotografia de uma maquete deste porta-aviões, ou quando meios de comunicação chineses mencionaram que estava em construção um novo porta-aviões em Xangai. Ou quando o desenhador chefe do Liaoning aludiu à possibilidade de a China ter três, quatro ou cinco porta-aviões, a propósito de os Estados Unidos terem uma dezena destas unidades.

O que parece certo é que a China está a modernizar rapidamente a sua força militar e nem sequer fez segredo da ambição de ter uma Marinha capaz de projectar a capacidade militar do país e competir com os Estados Unidos, cuja Marinha deverá manter-se superior à chinesa na próxima década, embora menor em número e equivalente em termos tecnológicos. A CNN recorda que este ano, o orçamento militar de Pequim cresceu 8% face a 2017.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Seminário WavEC 2018

    4 Dezembro, 2018 - 5 Janeiro, 2019
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill