Esben Poulsson considera que o impacto das inovações tecnológicas a bordo dos navios reclama uma abordagem da Convenção que regula as competências e as certificações dos marítimos mais próxima da realidade actual
International Chamber of Shipping
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Chairman da Câmara Internacional da Marinha Mercante (ICS, na sigla inglesa), Esben Poulsson, apelou recentemente em Manila a uma revisão abrangente da Convenção Internacional sobre Padrões de Treinamento, Certificação e Serviço de Vigilância para os Marítimos (conhecida pelo acrónimo em inglês STCW), que rege os padrões de treino e certificação de cerca de dois milhões de marítimos.

De acordo com Esben Poulsson, “é comum os empregadores prestarem rotineiramente formação complementar antes da colocação ao serviço de muitos oficiais com certificação STCW, o que levanta questões sobre se a Convenção está adaptada à realidade do século XXI”.

Para este responsável, “um regime da STCW totalmente revisto permitiria à indústria adaptar-se com muito melhor eficiência aos desenvolvimentos tecnológicos, incluindo a crescente automatização” e “deveria fornecer uma estrutura de suficiente flexibilidade para ir ao encontro de uma frota mundial em mudança”. Esben Poulsson referiu também que a Convenção deveria promover uma abordagem mais modular à acumulação de competências, dado que as novas tecnologias alteram as funções desempenhadas pelos marítimos a bordo e as competências que lhes são exigidas para o efeito.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Da Cartografia na Antiguidade até à Cartografia Portuguesa

    Novembro 16 @ 15:00 - 17:30
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill