Conversas do Atlântico

Antero de Matos, General na Reserva, condecorado com a Primeira Classe da Medalha Jaime Mota de Mérito Miliar e com e com a Primeira Classe das Medalhas de Serviços Relevantes e de Mérito, culminou a sua carreira militar como Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas de Cabo Verde, para além de ter desempenhado ainda, após a sua passagem à reserva, as funções de Conselheiro de Segurança Nacional do Governo de Cabo Verde; Luís Bernardino, Tenente-Coronel de Infantaria do Exército Português como curso de Estado-Maior, Mestre em Estratégia e Doutorado em Relações Internacionais pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Investigador do Centro de Estudos Internacionais o ISCTE (CEI-IUL).
Há 04 minutos
Num mundo em acelerada transição energética contamos de novo com a ajuda de Luís de Almeida para compreendermos melhor, com números, o que se passa em termos de comércio de recursos energéticos no mundo, não sendo no entanto possível não nos deixarmos de interrogar também quanto estamos dispostos a abdicar das nossas actuais comodidades para cumprirmos as ilusórias metas que os mais idealistas de vanguarda agora propõem. saiba mais
Dezembro 9, 2021
Há 04 minutos
Luís Bernardino traz-nos aqui vários mapas que nos dão uma ideia bem precisa dos vários tráficos, droga, armas, pessoas e outros, que afectam a zona do Golfo da Guiné, Região de particular interesse para Portugal até pela dependência de fornecimento de energia que temos da mesma. saiba mais
Novembro 24, 2021
Há 04 minutos
Sabemos que «o mundo é composto de mudança», como sabemos saber haver tempos de maior, mais acentuada e rápida mudança, como estes que estamos e viver em termos de geopolítica mundial e que, de uma forma ou outra, não deixa de afectar e ter implicações sobre o Atlântico, a Europa e, evidentemente, sobre nós também. saiba mais
Novembro 15, 2021
Há 04 minutos
Portugal podia desempenhar um papel crucial no que respeita à Segurança Europeia a partir de Sines, mas não sou ou não quis ter esse papel e começa a ser tarde para que o assuma quando o mundo vive já numa profunda revisão geopolítica e geoestratégica em termos energéticos que Luís de Almeida nos ajuda aqui a melhor entendermos. saiba mais
Outubro 25, 2021
Há 04 minutos
O Golfo da Guiné domina hoje, naturalmente, as atenções e as preocupações em termos de segurança marítima, mas o Atlântico é vasto, os interesses múltiplos, variados e num momento de reenquadramento estratégico do mundo, nem sempre muito certo é quais exactamente sejam nem certo é saber o que esperar. saiba mais
Outubro 21, 2021
Há 04 minutos
A pesca ilegal é hoje um flagelo à escala mundial mas que se verifica também com especial incidência no Atlântico Sul e que, afectando com particular gravidade as populações ribeirinhas da Costa Africana, como no Golfo da Guiné, é já considerado inclusive como a primeira e mais séria causa de insegurança. saiba mais
Outubro 15, 2021
Há 04 minutos
Tendemos, naturalmente, a olhar o Atlântico a partir do Norte mas essa perspectiva talvez nos dê uma imagem desfocada, ou enviesada, porque o Atlântico também se vê e perspectiva a partir do Sul e a consequente imagem recebida nem sempre é exactamente a mesma e única que muitas vezes imaginamos ser… saiba mais
Outubro 11, 2021
Há 04 minutos
A tão surpreendente quanto inesperada precipitada saída dos Estados Unidos de Cabul e do Afeganistão não deixa de ter consequências em termos de reposicionamento geoestratégico à escala global, analisando-se aqui, mais especificamente, o que se pode esperar como mias imediatas repercussões para África e para o Atlântico. saiba mais
Outubro 1, 2021
Há 04 minutos
Apesar de constituir hoje, como desde há anos, a região do globo com maior número de casos declarados de pirataria marítima, o Golfo da Guiné nunca conheceu nenhuma operação equivalente ao envolvimento internacional desencadeado para o Golfo de Aden, o que, havendo boas razões para assim ser, não significa, todavia, que outras aproximações não estejam a ser desenvolvidas, inclusive, em termos de União Europeia. saiba mais
Julho 29, 2021
Há 04 minutos
Começando a assistir-se a um e rápido alastramento de profunda instabilidade em África que não deixa de se reflectir igualmente em termos marítimos, e percebendo-se a falta de meios e capacidades tanto dos correspondentes Estados quanto das respectivas Organizações Regionais para fazerem face a tal situação, sendo assim igualmente evidente a imperiosa necessidade de um alargamento das parcerias internacionais, a interrogação a formular é também a de saber qual o papel que Portugal e uma organização como a CPLP podem exercer em tal circunstância… saiba mais
Julho 22, 2021
Há 04 minutos
Mesmo sendo muito distintas realidades de África a Costa Atlântica e no Índico, no seu todo o que se verifica é uma mesma falta consciência marítima que se reflecte, por exemplo, tanto nos inúmeros casos de fronteiras marítimas por determinar como na arquitectura de segurança africana que continua ainda sem atender devidamente à insegurança marítima, para já não se falar a crónica falta de meios e capacidades que serão trabalho ainda para uma geração _ e para estabelecer uma adequada relação com África, importa nunca deixar de ter, primordialmente, plena consciência disso. saiba mais
Junho 30, 2021
João Gomes Cravinho
Há 04 minutos
São conhecidas as limitações de Portugal para uma maior afirmação no Atlântico mas, se devidamente enquadrada e a sua acção no âmbito da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, CPLP, delineando um plano de acção com verdadeira visão estratégica, ao mesmo tempo que souber aproximar-se também das Organizações Regionais Africanas, muito mais importante e mesmo decisivo pode vir a ser o seu papel. saiba mais
Junho 14, 2021
Há 04 minutos
Ao longo das últimas décadas, novos desafios têm-se vindo a colocar no Atlântico pela crescente presença e interesses da China e Rússia que vão já muito além de meras ligações económicas e começam a assumir mesmo novos desafios estratégicos em termos de Defesa e Segurança. saiba mais
Junho 3, 2021
Há 04 minutos
O problema da insegurança marítima em África em geral e no Golfo da Guiné em particular, resulta, acima de tudo, de problemas de insegurança em terra. Nesse sentido, tendo em atenção os interesses e os envolvimentos internacionais em África, quer de um ponto de vista económico quer, por extensão, de um ponto de vista da segurança, não surpreenderá muito se, em breve, assistirmos também esquadras Chinesas e Russas a patrulharem o Atlântico e, muito em particular, a navegarem nas águas do Golfo da Guiné. saiba mais
Maio 24, 2021
Clarksons Research
Há 04 minutos
No Dia da Língua a conversa incide sobre a possível contribuição da CPLP para a segurança no Golfo da Guiné, passando também pelas mais estreitas relações entre Portugal e Cabo Verde, inclusive no domínio da Cooperação Militar e, muito em especial, no âmbito marítimo, assim como possíveis formas de atrair o Brasil a uma mais intensa colaboração no seio da mesma CPLP em termos marítimos no contexto do Atlântico Sul e Médio. saiba mais
Maio 6, 2021
Há 04 minutos
Complexo, tanto pela extensão marítima quanto pelo número de países envolvidos, o problema da insegurança marítima do Golfo da Guiné, a mais grave do mundo na actualidade, continua a congregar múltiplos esforços internacionais mas a sua resolução afigura-se longínqua, talvez também por falta de uma possível liderança clara, ou natural, na respectiva coordenação. saiba mais
Abril 30, 2021
Assembleia da República
Há 04 minutos
Numa região cruzada diariamente por mais de 1500 navios e tida hoje como uma das zonas do mundo de maior insegurança marítima, o Golfo da Guiné é já um problema internacional que preocupa desde a União Europeia aos Estados Unidos, assim como, muito em particular nações como Portugal ou França, mas tão mais difícil de ultrapassar quanto a natureza múltipla e complexa dos conflitos e interesses envolvidos não se torna fácil, ou mesmo viável, uma intervenção como a realizada na Somália. saiba mais
Abril 26, 2021
Biqueirão
Há 04 minutos
Ao contrário do que se ouve muitas vezes dizer, a importância do Atlântico não só não está a diminuir como, bem pelo contrário, continuando a ligar duas das maiores economias do mundo e dispondo de extraordinários recursos, desde recursos energéticos a ma igualmente extraordinária biodiversidade, a sua importância tem vindo inclusive a crescer, algo a que Portugal e a CPLP devem prestar uma particular atenção se quiserem continuar a ser relevantes no futuro, como destaca Antero de Matos e Luís Bernardino. saiba mais
Abril 14, 2021

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill