O acordo contempla a integração de tecnologia da Bluegrowth na robótica da Subsea Tech e pode valer 3 milhões de euros anuais para a empresa portuguesa a partir de 2020
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A tecnológica portuguesa Bluegrowth, sedeada nos Açores, e a francesa Subsea Tech, especializada na investigação, desenvolvimento e fabrico de ROV, estabeleceram uma parceria estratégica “para expansão de mercado, com foco no sector emergente da aquicultura e das biotecnologias azuis”, refere a empresa portuguesa em comunicado.

Segundo a Bluegrowth, “numa primeira fase, o âmbito desta cooperação vem responder aos objectivos do projecto Ground Zero”, co-financiado pelo Fundo Azul, “que preconiza um piloto em aquaculturas offshore focado em actividades de inspecção e vigilância subaquática, com recurso a tecnologias de posicionamento e visão artificial”.

Para a empresa portuguesa, que irá equipar a robótica da Subsea Tech, uma das cinco principais “a nível mundial no sector da robótica submarina ligeira”, com tecnologia sua de monitorização e controlo industrial de instalações de aquicultura, este acordo é um passo importante no sentido da internacionalização, admite a Bluegrowth.

“Para os investidores da Bluegrowth, este passo firma o alcance internacional da empresa, sendo fruto do know-how de uma equipa que dedicou os últimos anos a diversos projectos de digitalização da economia do mar”, refere a empresa portuguesa.

Além disso, segundo apurámos, para a Bluegrowth, a partir de 2020, o desenvolvimento deste acordo pode representar uma linha de negócio com potencial para um volume de negócios de 3 milhões de euros anuais.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill