As duas empresas portuguesas foram escolhidas entre 120 candidatos para apresentarem hoje em Bruxelas os seus projectos a uma audiência na qual estarão potenciais investidores
Ilhas Paracel
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Duas empresas portuguesas, a Bitcliq e a Aquaponics Iberia, participam hoje em Bruxelas no Blue Invest 2018, um evento organizado pela Comissão Europeia (CE) no qual as empresas apresentam os seus projectos relativos a economia do mar junto de uma audiência na qual estão presentes investidores potencialmente interessados no tipo de propostas observadas.

Com explica a CE, a Bitcliq, de Caldas da Rainha, “é responsável por uma plataforma de block-chain que usa megadados e inteligência artificial no percurso do mar até ao prato” e a Aquaponics Iberia, de Torres Vedras, “usa tecnologia de ponta para a aquaponia (um ecossistema simbiótico para a criação de peixes e flora)”.

Ambas as empresas foram seleccionadas entre 120 candidatos “para apresentar publicamente os seus projetos de investimento frente a um júri profissional”, no qual estão presentes dois investidores portugueses – o Fundo Azul, representado pelo Director-Geral de Política do Mar, Ruben Eiras, e a Mermaid Investment, representado por Jorge Fernandes, seu sócio fundador – esclareceu a CE.

De acordo com a CE, o Blue Invest “pretende ser o ponto de partida para a formação de parcerias na área da economia azul à escala europeia, ao reunir centenas de start-ups, empresários e investidores num mesmo espaço”. Para o Comissário europeu para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, “os resultados do Blue Invest ilustram a posição de vanguarda ocupada pela Comissão Europeia, no que diz respeito ao investimento marítimo”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Seminário: Exploração de Hidrocarbonetos na Era da Transição Energética

    Junho 27 @ 14:30 - 18:30
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill