Os Estados Unidos aprovaram mais uma exploração petrolífera no Árctico, em águas do Alasca. De acordo com a empresa, a exploração gerará entre 100 e 110 postos de trabalho e uma produção de 20 mil barris de petróleo por dia
BSEE
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O US Bureau of Safety and Environmental Enforcement (BSEE) autorizou a Eni U.S. Operating Co. Inc., a realizar operações de exploração petrolífera no Árctico, na plataforma continental externa, pela primeira vez em mais de dois anos, referem vários meios de comunicação social.

As operações ocorrerão na Ilha Spy, uma formação artificial, aproximadamente a três milhas do Oliktok Point, nas águas do Alasca, e deverão começar este mês, referem os mesmos meios. Com esta autorização, a Eni poderá avançar com novas explorações, mas somente depois de uma inspecção minuciosa da BSEE na região, para garantir que o pedido satisfaz os padrões de adequação técnica, segurança e sustentabilidade ambiental, referiram as autoridades norte-americanas.

De acordo com a Eni, citada pelos mesmos órgãos, estas novas operações irão gerar entre 100 a 110 empregos adicionais durante a perfuração de um poço, e uma nova produção de 20 mil barris de petróleo por dia. Tanto na Ilha Spy como em Oliktok Point já existem instalações de produção da Eni.

“O desenvolvimento responsável de recursos no Árctico é um componente crítico para alcançar o domínio energético por parte dos Estados Unidos”, admitiu Scott Angelle, director da BSEE, citado pelos mesmos meios, acrescentando que aquela entidade ”está empenhada em trabalhar com os nossos parceiros, com os nativos e com a Indústria do Alasca, através de uma abordagem equilibrada para exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás no Árctico”.

A Eni propôs também técnicas de perfuração de alcance prolongado que visam a nova unidade de Harrison Bay Block 6423, uma unidade de 13 locações na plataforma continental externa que o BSEE aprovou em Dezembro de 2016. Aqui, a Eni explorará a unidade em parceria com a Shell e está igualmente a planear perfurar dois poços nos próximos dois anos.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill