Caravela Vera Cruz, tripulada por voluntários da associação, fará viagem transoceânica da rota idealizada pelo navegador
APORVELA
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A APORVELA – Associação Portuguesa de Treino de Vela vai associar-se às comemorações do 500º aniversário da viagem marítima de circum-navegação de Fernão de Magalhães. Segundo a associação, “a principal acção consistirá na viagem transoceânica da rota idealizada por Fernão de Magalhães a realizar pela Caravela Vera Cruz”, uma réplica das antigas caravelas portuguesas que é tripulada pelos sócios da APORVELA voluntários, que fazem viagens de treino de mar e vela, sobretudo dirigidas aos jovens.

Esclarece a associação que “a iniciativa, que decorre da participação da APORVELA no consórcio ibérico Centro Magallanes para el emprendimiento de industrias culturales e creativas, integra o programa de cooperação INTERREG Portugal-Espanha POCTEP 2014-2020, um consórcio que “compreende, entre outros, a autarquia de Sevilha, a Universidade de Évora, a Direcção-Regional de Cultura do Alentejo e a CCDR do Algarve”.

Diz a APORVELA que “a caravela será dotada de meios técnicos e científicos para serem realizadas variadas experiências científicas e artísticas a bordo ao longo de todo o percurso”, num projecto que “compreende ainda a navegação, iniciando-se já em 2019, até diversos portos do Alentejo, Algarve e Andaluzia com o objectivo de promover visitas escolares gratuitas que terão como temática a importância histórica e cultural da primeira circum-navegação”, incluindo visitas aos portos de Sines, Portimão, Vila Real de Santo António, Huelva, Sevilha, Cádiz e Sanlúcar de Barrameda.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill