Esta é a opinião de um responsável por um grupo de trabalho britânico dedicado a este assunto, que acusa o Governo de lentidão nos preparativos informáticos
ECSA
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O presidente do grupo de trabalho para o Brexit do Comité Consultivo Conjunto para as Alfândegas (JCCC) – uma entidade britânica financiada com dinheiros públicos e que reúne várias organizações relacionadas com matérias aduaneiras – admitiu que o sistema aduaneiro do Reino Unido não está preparado para uma retirada da União Europeia (UE), refere o Safery4Sea.

De acordo com declarações deste responsável à Sky News, os britânicos só estarão preparados a esse nível dentro de três anos, até porque vários planos terão sido “deixados para o último minuto” e muitos preparativos decorrem a um ritmo demasiado lento.

Segundo o Safety4Sea, em Março, o JCCC terá criticado a entidade que o tutela, a HM Revenue and Customs (HMRC), um departamento não-ministerial do Governo responsável pela cobrança de impostos, pagamento de alguns apoios estatais e administração de outros regimes regulatórios, pela demora na transmissão de informação essencial para preparar o futuro, designadamente, um Brexit sem acordo.

Ainda segundo o mesmo responsável, a HMRC não teve tempo de prestar todos os esclarecimentos nem de ter toda a informação nos seus sistemas informáticos a tempo de uma saída agendada para hoje. Na sua opinião, o problema estará principalmente na enorme vaga de declarações, que só poderiam ser tratadas informaticamente, o que implicaria um período aproximado de 18 meses a dois anos apenas para preparar os computadores.

Entretanto, por agora, o Brexit foi adiado até Outubro, o que poderá conceder aos britânicos tempo suplementar para concluírem os preparativos. Todavia, face à incerteza sobre todo este processo e aos prazos mencionados por este responsável, não é certo que o adiamento contemple um prazo suficiente para preparar o Reino Unido nesta matéria.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill