Mais de 164 mil passageiros de cruzeiros escalaram os Açores, um aumento de 21,5% face a 2017
Portos dos Açores
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Mais de 164 mil passageiros de cruzeiros visitaram os Açores em 2018, mais 21,5% do que em 2017, o que representa um novo recorde, superando o anterior máximo de 142 mil visitantes obtido em 2015, de acordo com dados da Portos dos Açores S.A..

Também em 2018, os portos açorianos registaram 138 escalas, o segundo melhor número de sempre, a par do de 2015, e só superado pelas 152 escalas de 2017. Já em número de tripulantes, 2018 foi igualmente um ano recorde nos Açores, com 74 mil tripulantes, mais 17,5% do que no ano anterior e 10% acima do anterior recorde de 2015 (67.263).

De acordo com os mesmos dados, São Miguel foi a ilha com maior movimento de turistas de cruzeiros em 2018 (75 escalas e mais de 123 mil passageiros, ou seja, mãos 24% do que em 2017), seguida da Terceira (24 escalas e 24 mil passageiros, mais 26% do que no ano anterior) e Faial (25 escalas e quase 16 mil passageiros, mais 19,7% do que em 2017).

“Estes números reiteram a relevância que o destino tem vindo a assumir no panorama internacional, fruto de um trabalho conjunto do Governo dos Açores e da Administração portuária, a par dos agentes de navegação e DMC (Destination Management Companies) da região”, refere a Portos dos Açores.

Em 2018, pelo sétimo ano consecutivo, o mercado britânico foi a principal origem dos visitantes, representando 41% do total dos passageiros, seguido pelo mercado dos Estados Unidos (22%) e Alemanha (19,6%), segundo os mesmos dados.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill