Parecer de eurodeputada portuguesa defende que Portugal deve apresentar projectos de transição de embarcações para o GNL
Gazprom
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Comissão de Transportes e Turismo do Parlamento Europeu aprovou ontem, com 38 votos a favor e cinco contra, um parecer sobre “Estratégia da União de Gás Natural Liquefeito e de Armazenamento de Gás”, da autoria da eurodeputada portuguesa Cláudia Monteiro de Aguiar.

No âmbito deste parecer, que conta com propostas de vários eurodeputados, Cláudia Monteiro de Aguiar viu aprovada uma proposta que visa a criação de um Corredor Azul para as Regiões Ultraperiféricas do Atlântico e outras Regiões Insulares, no quadro do financiamento destinado a transportes e energia do mecanismo Interligar a Europa e do Plano Juncker.

Entre outras sugestões, o parecer destaca a importância de concluir a terceira ligação transfronteiriça entre Portugal e Espanha, com o objectivo de duplicar a capacidade de fluxos de gás para e entre a Península, criando condições para a criação de um Mercado Europeu de Gás.

O documento sugere ainda soluções alternativas aos terminais de GNL, em especial para as Regiões Ultraperiféricas, “como infra-estruturas de pequena escala e a utilização dos navios da cabotagem regular para armazenamento e distribuição de GNL”, refere a eurodeputada, além do projecto de gasoduto virtual da Madeira, que pode ser replicado noutras regiões europeias.

A eurodeputada defende que “Portugal deve posicionar-se na distribuição e armazenamento de GNL, elemento diferenciador para aumentar a competitividade dos portos Portugueses a nível europeu e mundial” e que para isso deve “apresentar projectos para a transição das embarcações actuais através do financiamento europeu existente”.

O parecer irá agora ser submetido a votação na Comissão da Indústria, da Investigação e da Energia, com votação final em Plenário do Parlamento Europeu, já agendada para o final de Outubro ou o início de Novembro. Entretanto, até 18 de Novembro, o Governo Português deve apresentar a Bruxelas o quadro nacional de acção sobre criação de infra-estruturas para combustíveis alternativos, incluindo o GNL e o gás natural comprimido.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill