Portugal conta com 7 nomes para a prova de 11 etapas que determina quem vai à World Championship Tour.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O ano de 2015 começa a marcar o surf com 7 portugueses no top 100 para a série de qualificação para a World Championship Tour. Tiago Pires, Frederico Morais, Vasco Ribeiro, Nicolau von Rupp (que já participou na prova do Hawai) , José Ferreira, Marlon Lipke e Tomás Fernandes estão agora com as atenções viradas para a Austrália, onde são as próximas provas.

 

Para o ranking contam os 5 melhores resultados alcançados, e só os melhores 34 desta série entrarão na World Championship Tour. A Qualifying tem 11 etapas que dão a volta ao mundo, e no final ficarão os 22 melhores surfistas do WCT, que mantêm o seu lugar, os 10 melhores do circuito de qualificação e ainda 2 wildcards decididos pela organização, normalmente atribuídos a locais. A praia portuguesa será Supertubos, em Peniche, no mês de Outubro.

 

Já no feminino, Portugal conta com 4 nomes. Teresa Bonvalot, de apenas 15 anos, Camilla Kemp, Carol Henrique e Carina Duarte. Na versão feminina desta competição, procura-se reunir as 17 melhores.

 

Os surfistas

 

Tiago Pires

 

O surfista lisboeta de 34 anos “Saca” conta já com uma escola de surf portuguesa com o seu nome. Alega que este ano é o último que faz competição e está no 38º lugar a nível mundial.

 

Frederico Morais

 

Com 23 anos, alcançou o 5º lugar no Reef Hawaiian Pro, alcançando o 40º lugar no ranking mundial. Vai competir no Hurley Australian Open, em Sydney, e na Liga Moche, onde já foi vice-campeão.

 

Vasco Ribeiro

 

Vasco tem 20 anos, foi o primeiro campeão mundial júnior português e europeu. Venceu três vezes na Liga Moche.

 

Nicolau von Rupp

 

Praticante de surf de competição e free surf, alcançou o 9º lugar na Saquaresma – Brasil, terminando 2014 em 66º lugar. Na Liga Moche terminou na 5ª posição. Já participou, para as qualificações, no Volcom Pipe Pro e na Liga Moche.

 

Marlon Lipke

 

O surfista residente de Lagos foi campeão europeu em 2012, conquistando também o 16º lugar na World Qualifying Series de 2008. Participando na WCT 2009.

 

José Ferreira

 

Tem 22 anos e vive em Cascais. Obteve o 9º lugar na Cascais Billabong Pro e o 4º na Liga Moche.

 

Tomás Fernandes

 

Tem 19 anos e na World Surf League terminou em 3º lugar, conseguindo um convite para todas as principais provas da Qualifying. Na Liga Moche, foi campeão nacional Pró Junior e o 7º lugar. Vai participar na Hurley Pro e na Liga Moche para o título de campeão.

 

 

Calendário das Provas do Qualifying Series | QS6000 e QS10000:

Sydney, Australia | QS6000 | 09 – 15 Fevereiro

Newcastle, Australia | QS6000 | 16 – 22 Fevereiro

Trestles, EUA | QS10000 | 28 Abril – 02 Maio

Saquarema, Brasil | QS10000 | 04 – 10 Maio

Los Cabos, Mexico | QS6000 | 15 – 21 Junho

Ballito, África do Sul | QS10000 | 29 Junho – 05 Julho

Huntington Beach, EUA | QS10000 | 26 Julho – 02 Agosto

Açores, Portugal | QS10000 | 22 – 27 Setembro

Cascais, Portugal | QS10000 | 28 Setembro – 04 Outubro

Florianópolis, Brasil | QS6000 | 27 Outubro – 01 Novembro

Maresias, Brasil | QS10000 | 02 – 09 Novembro

Haleiwa, Hawai | QS10000 | 12 – 23 Novembro

Sunset, Hawai | QS10000 | 24 Novembro – 06 Dezembro



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill