Nove navios serão usados nesta investigação, até Dezembro de 2020, na qual participa também a Marinha holandesa
Norled
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O consórcio Green Maritime Methanol escolheu nove navios para realizar uma investigação destinada a estudar a aplicação do metanol renovável como combustível marítimo, referem vários meios de comunicação internacionais. Segundo é referido, foram escolhidos novos navios, com novos designs, bem como navios já existentes da Boskalis, Van Oord, Marinha Holandesa e Wagenborg Shipping. A investigação decorre até Dezembro de 2020 e tem o apoio da TKI Maritiem e do Ministério dos Assuntos Económicos e Política Climática da Holanda.

Os navios seleccionados medem entre 40 e 160 metros de comprimento, têm um porte bruto (deadweight tonnage, ou dwt) entre 300 e 23 mil toneladas e potências instaladas entre um e 12 MW. A investigação começará com a determinação do custo da implementação e uso de sistemas de combustível a metanol e os resultados desta pesquisa serão comparados com os gerados pelo uso do enxofre.

Segundo é explicado, cada um dos navios tem um perfil operacional próprio e fornecerá informação sobre a possibilidade de uso do metanol num dado tipo de navio, a sua rota e velocidade de cruzeiro. Será prestada atenção a navios de mercadorias, ferries, dragas e navios de apoio a operações em águas costeiras. Para cada cenário será determinada a configuração mais atractiva do ponto de vista técnico, operacional e económico e o conhecimento será partilhado no seio do consórcio, antevendo a possibilidade de desenvolver o metanol como futuro combustível para a indústria marítima.

Entre os parceiros do consórcio constam o Bio MCN, a Royal Boskalis, a Bureau Veritas, C-Job Naval Architects, a Damen Shipyards, a Defence Material Organisation, a Feadship, a Helm Proman, a Royal IHC, o Royal Netherlands Naval Institute (KIM/FMW), a Royal Association of Netherlands’ Shipowners (KVNR), a Lloyds Register, a MARIN, a Maritime Knowledge Centre (MKC), o Marine Service Noord (MSN), o Methanol Institute, o porto de Amsterdão, o porto de Roterdão, a Pon Power, a TNO, a TU Delft, a Van Oord, a Netherlands Association of Importers of Combustion Engines (VIV), a Wagenborg Shipping e a Wärtsilä.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill