A empresa entregou o C-Enduro à Royal Navy, no que é mais um passo da Marinha britânica na utilização de veículos marítimos autónomos para aproveitamento militar
USS Donald Cook
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A empresa de engenharia marítima L3 ASV entregou o navio autónomo, conhecido por C-Enduro, à Marinha britânica, refere o Maritime Executive. Segundo a publicação, o navio terá uma autonomia para mais de 30 dias (conforme a configuração energética) será usado em testes de recolha de dados militares no âmbito do programa de Capacidade Hidrográfica e de Contramedidas para Minas.

O navio mede 4,8 metros de comprimento e está equipado com 10 sensores, combinando equipamento científico e de pesquisa hidrográfica, operando com um sistema de controlo da L3 ASV, e constitui mais um passo da Marinha britânica no sentido de explorar as potencialidades dos navios autónomos.

Recorde-se que em 2017, a Marinha britânica testou o seu primeiro sistema e navegação autónoma contra minas modernas. Foi com o navio Hussar, que navega preso a pequenas embarcações destinadas a detonarem dispositivos explosivos sub-aquáticos.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill